Revista Continente

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Capa Revista do Mês

#163

Julho/2014

PROCESSOS CRIATIVOS

Inerente à trajetória humana, a criatividade não é exclusiva do ambiente artístico, embora seja nele que reconheçamos sua evidência.

Artes Visuais

Imprimir
 

Instalação de Alcindo Moreira Filho chega à Caixa

Ter, 04 de Junho de 2013 20:34
Share

 

DivulgaçãoDivulgação

 

O artista plástico paulista Alcindo Moreira Filho apresenta na Caixa Cultural, de 4 a 30 de junho, a instalação inédita entrenuvens. Guiado pelo poder imagético das nuvens, Alcindo propõe uma viagem entre as formas, utilizando o algodão, o polietileno e o plástico como matéria-prima principal das suas obras. Além disso, o artista também levanta a questão da sustentabilidade ao lançar a primeira exposição do país a converter todo carbono usado, desde o transporte das peças de São Paulo a Recife até os copos descartáveis usados no coquetel, em árvores plantadas.

 

“Nesta entrenuvens encontramos, materializadas, muitas coisas imaginadas, com certeza, por cada um daqueles que a visitarem. Alcindo Moreira Filho capta, recorta no espaço, fixa no tempo as nuvens que ele mesmo cria. Assumindo alto grau de envolvimento estético, técnico e emocional, o artista encontra a fonte de expressão para sua arte, de caráter universal e ao mesmo tempo pessoal.”, analisa Elvira Vernaschi, curadora da exposição.

 

Com a delicadeza do algodão e o peso de 1 tonelada (quantidade de algodão utilizado na exposição), Alcindo parece também falar sobre o contraditório, sobre como as coisas mudam a partir de determinado ponto de vista, como uma nuvem pode ter formas diferentes para duas pessoas.

 

Após ter utilizado cerca de 8,37 toneladas de carbono, Alcindo plantará, junto à ONG Sociedade Nordestina de Ecologia, 51 mudas em Aldeia ou Goiana.

 

Alcindo Moreira Filho – nascido em São Paulo em 1950, o premiado artista plástico estudou na Espanha, Inglaterra e Itália, e já fez exposições em Madri e Washington. Desenvolve intensa pesquisa no campo da arte contemporânea, com ênfase na estética da matéria, da colagem, da serialidade, da repetição e da acumulação, utilizando os mais variados materiais. Alcindo é um artista contemporâneo acumulador e observador da realidade cotidiana, buscando sempre no objeto usual seu material artístico expressivo. Para conhecer melhor a obra: www.apap.art.br

 


 


Serviço:

Exposição entrenuvens

Quando: 4 a 30 de junho (terça a domingo, das 12 às 20h).

Onde: CAIXA Cultural Recife ( Avenida Alfredo Lisboa, 505 – Praça do Marco Zero – Bairro

do Recife Antigo)

Outras informações: (81) 3425-1900.

Entrada gratuita.

 

 

Share
comments
 
Companhia Editora de Pernambuco - CEPE - Rua Coelho Leite, 530 - Santo Amaro - Recife - PE CEP: 50100-140
Fones: (81) 3183.2700 / 0800.0811201