Revista Continente

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Capa Revista do Mês

#164

Agosto/2014

OPINIÃO

Os avanços na tecnologia da comunicação criaram um ambiente virtual de profusão de pontos de vista em que todos sentem necessidade de se manifestar

Artes Visuais

Imprimir
 

Instalação de Alcindo Moreira Filho chega à Caixa

Ter, 04 de Junho de 2013 20:34
Share

 

DivulgaçãoDivulgação

 

O artista plástico paulista Alcindo Moreira Filho apresenta na Caixa Cultural, de 4 a 30 de junho, a instalação inédita entrenuvens. Guiado pelo poder imagético das nuvens, Alcindo propõe uma viagem entre as formas, utilizando o algodão, o polietileno e o plástico como matéria-prima principal das suas obras. Além disso, o artista também levanta a questão da sustentabilidade ao lançar a primeira exposição do país a converter todo carbono usado, desde o transporte das peças de São Paulo a Recife até os copos descartáveis usados no coquetel, em árvores plantadas.

 

“Nesta entrenuvens encontramos, materializadas, muitas coisas imaginadas, com certeza, por cada um daqueles que a visitarem. Alcindo Moreira Filho capta, recorta no espaço, fixa no tempo as nuvens que ele mesmo cria. Assumindo alto grau de envolvimento estético, técnico e emocional, o artista encontra a fonte de expressão para sua arte, de caráter universal e ao mesmo tempo pessoal.”, analisa Elvira Vernaschi, curadora da exposição.

 

Com a delicadeza do algodão e o peso de 1 tonelada (quantidade de algodão utilizado na exposição), Alcindo parece também falar sobre o contraditório, sobre como as coisas mudam a partir de determinado ponto de vista, como uma nuvem pode ter formas diferentes para duas pessoas.

 

Após ter utilizado cerca de 8,37 toneladas de carbono, Alcindo plantará, junto à ONG Sociedade Nordestina de Ecologia, 51 mudas em Aldeia ou Goiana.

 

Alcindo Moreira Filho – nascido em São Paulo em 1950, o premiado artista plástico estudou na Espanha, Inglaterra e Itália, e já fez exposições em Madri e Washington. Desenvolve intensa pesquisa no campo da arte contemporânea, com ênfase na estética da matéria, da colagem, da serialidade, da repetição e da acumulação, utilizando os mais variados materiais. Alcindo é um artista contemporâneo acumulador e observador da realidade cotidiana, buscando sempre no objeto usual seu material artístico expressivo. Para conhecer melhor a obra: www.apap.art.br

 


 


Serviço:

Exposição entrenuvens

Quando: 4 a 30 de junho (terça a domingo, das 12 às 20h).

Onde: CAIXA Cultural Recife ( Avenida Alfredo Lisboa, 505 – Praça do Marco Zero – Bairro

do Recife Antigo)

Outras informações: (81) 3425-1900.

Entrada gratuita.

 

 

Share
comments
 
Companhia Editora de Pernambuco - CEPE - Rua Coelho Leite, 530 - Santo Amaro - Recife - PE CEP: 50100-140
Fones: (81) 3183.2700 / 0800.0811201