×

Aviso

Please enter your DISQUS subdomain in order to use the 'Disqus Comments (for Joomla)' plugin. If you don't have a DISQUS account, register for one here

"Josephine Baker, a Vênus Negra". Foto: Divulgação"Josephine Baker, a Vênus Negra". Foto: Divulgação

C
riado em 1988 para honrar e legitimar anualmente o trabalho dos artistas de teatro e os “espetáculos de melhor desempenho” nas temporadas do Rio de Janeiro e de São Paulo, o Prêmio Shell de Teatro divulgou na última terça (11/7) a lista dos indicados do primeiro semestre deste ano. Confira:

RIO DE JANEIRO
1º semestre

Autor

Marcia Zanelatto por
Ela
Walter Daguerre por Josephine Baker, a Vênus Negra


Direção

Eric Lenate por Love Love Love

Rodrigo Portella por Tom na fazenda



Ator

Armando Babaioff por Tom na fazenda

Gustavo Vaz por Tom na fazenda

 

Atriz

Aline Deluna por Josephine Baker, a Vênus Negra
Yara de Novaes por
Love Love Love

 

Cenário
Aurora dos Campos por
Tom na fazenda
Mina Quental por
Mata teu pai

 

Figurino
Beth Filipecki por
Ivanov
Marcelo Marques por
Josephine Baker, a Vênus Negra

 

Iluminação
Aurélio de Simoni por
Ubu Rei
Nadja Naira e Ana Luzia de Simoni por
Mata teu pai

 

Música
Marcello H. por
Tom na fazenda
Ricco Viana por
Janis

 

Inovação

Que legado, pela ocupação cultural que propõe o diálogo entre profissionais de atuações e geografias diversas no Rio de Janeiro.


SÃO PAULO
1º semestre

 

Autor
Angela Ribeiro por Refluxo
Munir Pedrosa por
Hotel Mariana

 

Direção

Eric Lenate por Refluxo

Nelson Baskerville por Eigengrau – No escuro

 

Ator

Ary Fontura por Num lago dourado
Sergio Guizé por
Oeste verdadeiro

 

Atriz

Amanda Lyra por Quarto 19
Ilana Kaplan por
Baixa terapia, uma comédia no divã

 

Cenário
Eric Lenate por
Refluxo
Veronica Valle e Mateus Viana por
Constelações

 

Figurino
Bia Pieratti, Carol Reissman e Lenin Cattai por
Pessoas brutas
Telumi Hellen por
Esperando Godot

 

Iluminação
Adriana Ortiz por
Monólogo público
Domingos Quintiliano por
Constelações

 

Música
Marcelo Pellegrini por
Pagliacci
Wagner Passos por
Fuente ovejuna

 

Inovação
Mundana Companhia pela ocupação de espaços urbanos não convencionais com a adaptação do espetáculo
Na selva das cidades, de Bertold Brecht.
Teatro de Contêiner Mungunzá pelo uso arquitetônico inédito voltado para o teatro, inserido em região degradada do Centro de São Paulo.

capa 199
CONTINENTE #199  |  Julho 2017

banner documenta14 sidebar V2

banner Suplemento 316x314

publicidade revista

Facebook

SFbBox by casino froutakia