Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Edição #177

Setembro 15

Nesta edição

Musicos Pernambuco

“O Recife é a cidade mais roqueira do país”, assegurou Marco Antonio Mallagoli, fã dos Beatles e personagem da seção Perfil da edição de agosto. Para quem convive com a música pernambucana, seja músico, técnico, produtor, crítico, dono de casa de shows ou (ainda) de loja de discos ou simplesmente assíduo ouvinte, sabe que a produção musical daqui é intensa e não somente na área do rock. Deste gênero à música clássica, o estado não para de gerar som e principalmente talentos e, junto com estes, um mercado.

Neste mês, dedicamos nossa matéria de capa a alguns desses músicos. Selecionamos 10 artistas que estão com discos recém-saídos do forno. No entanto, tantos outros lançaram ou estão se preparando para lançar álbuns ainda neste ano, que, se abrigássemos todos, a reportagem teria que ocupar a revista inteira (!). Abordamos, então, o trabalho de alguns dos veteranos, como Siba, Alessandra Leão, Eddie e Lirinha, e dos novos, como Graxa, Zeca Viana, D Mingus, Mateus Mota e Zé Manoel, sofisticado pianista e cantor de Petrolina que compõe ao estilo de João Donato, provando que diversidade é uma lei natural em Pernambuco. Tanto que dois dos mais bem-sucedidos nomes da atualidade são opostos: Siba, cujo fio condutor do disco De baile solto é o maracatu rural, e Johnny Hooker, que transita entre o rock e a “música de dor de cotovelo”, sendo o maior fenômeno da música pernambucana hoje.

Para escrever sobre esses artistas, além da editora-assistente da Continente, Débora Nascimento, convocamos profissionais que atuam na cobertura musical alternativa, como Carlos Gomes, editor da revista Outros Críticos, Diego Albuquerque, autor do blog Hominis Canidae, o jornalista e DJ Guilherme Gatis, o músico Fernando Athayde, o repórter Bruno Nogueira, que já colaborou na curadoria do Abril Pro Rock. Cada um deles escreveu sobre esses cantores, compositores, instrumentistas, tendo como ponto de partida os discos que estão sendo lançados. O resultado é um interessante painel da produção musical local, revelando o fôlego criativo dessa geração.

Outro destaque desta edição é a Conversa, que, na sua quinta edição, debate questões relativas às artes visuais. Para analisá-las, convidamos figuras relevantes ligadas à área, como o curador e pesquisador Moacir dos Anjos, os artistas Carlos Mélo, Gil Vicente, Juliana Notari e Oriana Duarte, mediados pela editora-assistente da revista Mariana Oliveira e a repórter especial Luciana Veras.

Leia

Publicidade

Destaques

Sumário