Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Curtas

Patrocine a arte

Reunimos aqui financiamentos coletivos, vaquinhas, rifas e uma série de outras formas de subsidiarmos a cultura que sobrevive à pandemia

TEXTO Revista Continente

10 de Dezembro de 2020

Ilustração Augusto Victor Tenório

A situação da cultura não está fácil. Já há algum tempo essa afirmação passou a ser cada vez mais dita, seja como forma de denúncia ou resistência. A pandemia do novo coronavírus escancarou essa realidade e a agravou, encaixotando inúmeros projetos culturais, forçando artistas a procurarem alternativas de sustento. Mesmo que se queira dizer o contrário, arte não é só um hobby, ou algo dispensável e supérfluo, para muitos e muitas é profissão – como já elencamos em artigo publicado na Continente de dezembro de 2020, em texto da jornalista e editora da Continente Online, Olívia Mindelo (leia aqui). De arte se sobrevive, de arte se vive; a importância é tanto para quem a produz quanto para quem a consome.

Pensando nessa premissa, reunimos aqui formas de se contribuir com o fazer artístico. A seguir, uma lista de vaquinhas, rifas, financiamento coletivos, eventos com objetivo de arrecadar fundos para artistas brasileiros. Uma forma de incentivar a produção artística além da Lei de Emergência Cultural (Lei Aldir Blanc) e dos Editais Culturais Abertos.

Leilão em Chamas
Quando? 13 de dezembro 2020, às 16h20
Para quem é? 50 artistas da periferia de pernambuco
O que é? O leilão – agora realizado em formato virtual, pelo Youtube – propõe viabilizar a produção de artistas periféricos de Pernambuco. Através da venda das obras de artistas da periferia que raramente encontram possibilidades de valorizar suas obra no mercado de arte tradicional. Nesta última edição de 2020, serão contemplados cerca de 50 artistas, com as vendas podendo serem feitas para todo o Brasil e Europa. Caso alguma obra não seja arrematada pelo preço mínimo, ela será lançada às chamas, que configura uma das partes de impacto visual do projeto. Uma vez terminado o Leilão, as obras são enviadas via correio para os respetivos compradores.
Como contribuir? Assistindo à live e dando lances nas obras (acesse aqui)
Contato: @leilaoemchamas_oficial (para informações das próximas edições)

Primeiro disco de Afroito
Quando? Até 19 de dezembro de 2020.
Para quem é? Cantor e compositor olindense, Afroito. 
O que é? Realizar o álbum digital "PERTENCER&ATRAVESAR" que contará com 10 faixas, todas composições autorais e 03 Vídeoperformances.
Como contribuir? PicPay | Financiamento Coletivo
Contato: Informações | Ouça@afroito

Ajude o Casulo
Quando? Até 09 de janeiro de 2021.
Para quem é? Casulo é um espaço cultural independente que atua há 4 anos em Recife - Pernambuco, e no momento está enfrentando muitos desafios por conta da pandemia. 
O que é? Após uma paralisação de 8 meses, a retomada das atividades presenciais está com capacidade reduzida, além de ser necessária a compra de equipamentos de acrobacia aéreas adaptados às necessidades de segurança sanitária. Como recompensa pelas doações, são oferecidas atividades online por artistas parceiros.
Como contribuir? Vaquinha Online | Doação para as contas:
1) NuBank
Agência: 0001
Cc: 86381949-7
CPF: 046.614.334-67

2) Banco do Brasil
Tipo de Conta: Pessoa Jurídica (Casulo - Artes Circenses)
CNPJ: 24.974.078/0001-75
Agência: 1509-1
Cc. 52603-7
Contato: @voacasulo

Manutenção dos terreiros Xambá e de Pai Guara
Quando? Sem data para encerrar.
Para quem é? Terreiro Xambá que tem 90 anos de resistência e também para o terreiro de Pai Guara, ramificação do Sítio de Pai Adão, casa matriz de candomblé fundada em 1845 e tombada pelo IPHAN como Patrimônio Cultural do Brasil.
O que é? Ajudar no funcionamento dos terreiros, contribuindo, assim no combate do racismo e intolerância religiosa enquanto promove a cultura desses espaços.
Como contribuir? Contribuição através da vaquinha online, aqui. Ou doando através da conta:
Banco Nubank (260)
Agencia 0001
Conta: 69555343-2
CPF: 009.100.354-74
Favorecido: Shirleno Gomes da Silva
Contato: @terreiroxambawww.xamba.com.br

#PernambucanoNaEICTV
Para quem é?
 Alysson Souza, natural de Vitória de Santo Antão, no Agreste pernambucano, selecionado para o Curso Regular de Roteiro na Escuela Internacional de Cine y TV (EICTV), em Cuba.
O que é?
 Custeio da graduação de três anos; em média 6 mil euros por ano, além das passagens aéreas e outros gastos, como seguro saúde.
Como contribuir?  para desenho original de Juliana Lapa (Alguém flutua, alguém definha, 2020; grafite sobre papel; 47 x 50 cm) | Vaquinha Online | Doando pela conta bancária:
Banco do Brasil
Ag. 0233-X
Cc. 52213-9
Contato: Informações | @alysson. souzaaaly.souzaa@gmail.com

Projeto Cantoria Crua
Quando? Sem data para encerrar.
Para quem é? O CRUA é uma cantoria contemporânea, que nasce da conexão natural dos caminhos de três artistas do agreste de Pernambuco – Adalberto (Garanhuns), Euzé (Garanhuns) e Neto Sales (Surubim) – atraídos pela poética da natureza, suas belezas, seus amores e seus mistérios.
O que é? Ajuda para produção de um registro audiovisual que servirá para difusão e valorização da nova cena de cancioneiros do interior de Pernambuco. Serão gravadas músicas autorais dos três artistas que recebem forte influência de nomes Anaíra Mahin, Zeto do Pajeú, Anchieta Dali e Bia Marinho, entre tantos outros.
Como contribuir? Vakinha online 
Contato: epaheyproducoes@gmail.com | (81) 99754 0479 – Thays Melo

#VivaMiró
Quando? Até o artista de recuperar e poder retomar suas atividades
Para quem é? Miró da Muribeca, poeta pernambucano, que durante a pandemia não pode divulgar sua arte. Além disso, Miró está internado no Hospital Getúlio Vargas, onde é acompanhado por uma equipe multidisciplinar.
O que é? Ajuda para custear despesas hospitalares e para ajudar na compra de itens de alimentação e higiene para Miró.
Como contribuir? Compra dos livros | Doação: contato através do Instagram @mirodamuribeca
Contato: Livros | Mais informações

Ajude o Circo Teatro Teleco
Quando? Sem data estabelecida.
Para quem é? Cia do Circo Teatro Teleco, que tem 48 anos de história.
O que é?
Com o circo desmontado, todo material, como carretas e a grande lona, estão guardados em segurança em um terreno. Porém, é necessário pagar o aluguel do mesmo, assim como pintar as carretas e realizar a manutenção do circo para quando voltar à ativa. Também é preciso pagar a internet para continuar transmitindos os espetáculos através de lives aos domingos.
Como contribuir? Vakinha online
Contato: @oreidorisoteteco

Assine a Propágulo
Quando? Contribuição mensal ou pontual.
Para quem é? Revista Propágulo, uma iniciativa de jovens realizadores da cultura, movidos pelo compromisso de traçar estratégias de mapeamento e difusão de profissionais iniciantes das Artes Visuais em Pernambuco.
O que é? Ajuda para manter o espaço físico da redação; remunerar atividades da equipe; produzir conteúdo audiovisual, criar e montar exposições, dentre outros. 
Como contribuir? Catarse
Contato: @propagulo

Publicidade

veja também

Tom Zé

Fake Art

WandaVision