Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Cênicas] Tudo que coube numa VHS

Grupo pernambucano de teatro Magiluth faz últimas apresentações da peça digital

TEXTO Revista Continente

03 de Agosto de 2020

Em cartaz desde 16 de julho, a peça segue até o dia 9 de agosto

Em cartaz desde 16 de julho, a peça segue até o dia 9 de agosto

Foto Pedro Escobar / Divulgação

Se trabalhar com artes cênicas no Brasil já era difícil, durante o período de isolamento social parecia impossível –, até que o grupo pernambucano Magiluth encontrou uma solução: a criação da peça digital e interativa Tudo que coube numa VHS. Uma experiência individual que acontece ao vivo, por meio de plataformas como Whatsapp, Instagram, e-mail, YouTube, Spotify (ou Deezer) e contato telefônico, no qual o público é convidado a tornar-se cúmplice das memórias de um personagem em torno das lembranças de um relacionamento. Em cartaz desde 16 de julho até o dia 9 deste mês de agosto, a segunda temporada da peça foi uma parceria com o Sesc Avenida Paulista, que se propôs a realizar sessões gratuitas de quinta-feira até domingo, durante quatro semanas. Os últimos ingressos serão disponibilizados na terça-feira (4) através do site www.sescsp.org.br/avenidapaulista. Outra boa indicação é acompanhar o Magiluth pelo Instagram (@magiluth), que vem se reinventando de forma criativa há 15 anos.

Publicidade

veja também

[Campanha] Viva Miró

[Música] '8 ou 80'

[Festival] Arte como respiro

comentários