Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Literatura] As margens do paraíso

Romance do escritor Lima Trindade é lançado pela Cepe Editora

TEXTO Revista Continente

05 de Junho de 2019

Foto Divulgação

O professor e escritor gaúcho Paulo Scott recomenda “com entusiasmo” a leitura de As margens do paraíso (Cepe Editora), do escritor brasiliense, radicado em Salvador, Lima Trindade, e pede atenção à estrutura bem-sucedida do romance, ao apresentar múltiplas perspectivas de uma mesma tragédia. Ao abrir as páginas desse livro, o leitor vai reparar que ele é dividido pelos nomes dos personagens – Leda, Rubem e Zaqueu –, justamente porque é nessa divisão que cada um deles se singulariza. O tempo histórico do romance é o Brasil dos anos 1960 e o ponto geográfico é Brasília, onde os três personagens adolescentes irão se encontrar. Na primeira parte do livro, cada um dos deles assume a voz narrativa, depois, é a vez de um narrador tomar as rédeas. Leda nos é apresentada quando vive em Juazeiro da Bahia, Rubem é carioca e Zaqueu, goiano. E, como disse o autor em entrevista, “são três sonhadores que vão realizar alguma coisa do ponto de vista coletivo”.

Publicidade

veja também

[Revista] Tatuí

[Festival] MECABrennand

[Show] Noites sem fim

comentários